17 fev 20

O profissional data driven

Conheça as competências do profissional da era dos dados

Photo by fabio on Unsplash

Hoje em dia o mundo é cada vez mais data driven. Por que isso é bom e importante? Porque ajuda as empresas a entenderem as necessidades de seus clientes e oferecerem melhores soluções melhorando seus serviços. Além disso melhoram sua operação, o que favorece, por exemplo, as decisões sobre como dar as oportunidades aos talentos ou como fazer contratações acertadas.

O que antes era privilégio das grandes empresas, hoje não é mais. Você não precisa mais ser uma gigante para ter um data lake, basta cuidar bem de sua base de dados.

Se esse papo ainda soa estranho para você e se o seu time ainda não é fluente em dados, lembre-se de que nessa era de ouro dos dados em que vivemos, ensinar as pessoas a lidar com eles é fundamental.

Esse trabalho de ensino, que era antes papel exclusivo da academia, é hoje a atribuição é compartilhada com as empresas, e muitas já se desenvolvem seus processos neste mindset. A Harvard Business Review entrevistou 20 dessas empresas que já estão fluentes em dados sobre quais são as competências mais importantes para os profissionais, considerados fluentes em dados e isso foi o que eles receberam:

  1. Fazer as perguntas certas
  2. Entender qual dado é relevante e como testar a validade deles
  3. Interpretar dados para que os resultados tenham sentido e sejam úteis
  4. Testar hipóteses usando teste A/B
  5. Tornar os dados fáceis de entender para favorecer boas decisões
  6. Criar um storytelling para que os tomadores de decisão possam enxergar o cenário todo antes de agir

É crescente a proporção de empresas que utilizam o People Analytics no Brasil, conforme discutido em nosso artigo “A importância de um RH data driven”.

Como a sua empresa lida com os dados de seus colaboradores? Vocês já estão na era do RH data driven? Podemos te ajudar com isso!


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *