07 ago 20

O estado de flow e o isolamento social

produtividade e estado de flow
Photo by Dane Wetton on Unsplash

A pandemia de Covid-19 vem deixando um rastro de transformação na sociedade. Uns mais, outros menos, mas todos sentimos o impacto do vírus, principalmente em nossas cabeças.

Os impactos psicológicos do que estamos vivendo, aliados à mudança brusca no modelo de trabalho no mercado em geral, que deixou os escritórios para aderir ao home office, tem forte relação com um sentimento de improdutividade. 

Ainda nesse sentido, pela falta de opção de atividades, as pessoas acabam tendenciosas por trabalharem mais durante o isolamento social e essa falta de afastamento causa também falta de produtividade. Já é provado que a incapacidade de desconectar do trabalho causa estresse, que por sua vez leva à escassez de pensamento estratégico.

Talvez você já tenha experienciado o que o psicólogo húngaro, Mihaly Csikszentmihalyi, chama de estado de flow. O estado de flow (fluxo em inglês) é a sensação de completa atenção ao momento presente. Ele pode ser atingido trabalhando, como também cozinhando, correndo, meditando ou praticando qualquer atividade que te faça bem. 

A verdade é que é uma delícia fazer uma atividade com esse nível de concentração. E a pergunta que não cala é: como conseguir manter essa relação com trabalho em plena pandemia?

Bem, fazendo um paralelo com os modos de aprendizagem, focado e difuso, a concentração ganha força à medida que você aprende a viver a falta de concentração. Em seu TED Talk sobre o tema, Bárbara Oakley fala sobre a importância dos dois modos de funcionamento para o cérebro:

Por isso, especialmente nesse período em que você não tem naturalmente momentos de descompressão, busque fazer isso conscientemente na sua rotina. 


Voltar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *